Perfumes ameaçados de “extinção”? Como lidar?

Anúncios

9 comentários sobre “Perfumes ameaçados de “extinção”? Como lidar?

    • A questão toda é que tais perfumes contém ingredientes potencialmente alergênicos, mas até aí, tem gente que é alérgica a tomate… Cabe a cada um observar se aparecem reações alérgicas e descontinuar o uso do perfume ou de qualquer outro produto. Agora, proibir a utilização e fazer as industrias mudarem as formulações é demais! Quem for alérgico não use. E se associar a alergia ao perfume, procure orientação médica e doe o perfume pra mim ok?

      • Pelo que eu entendi, o caso dos musgos são só uma ponta do iceberg.A UE quer principalmente que as perfumarias não tenham mais a proteção legal de segredos industriais, que protegem as fórmulas de plágio (como sempre foi), porque é sabido nos meio que o uso do ftalato é muito comum para prolongar a fixação dos perfumes (tanto na perfumaria em si quanto em cosméticos. A perfumaria é só uma parte não tão lucrativa do negócio).OS Ftalatos adicionados a aromatizantes alongam a durabilidade porém causam câncer e alterações hormonais seríssimas e estão restritos na Europa (no Brasil e USA, não). Um dos sintomas são meninas menstruando aos 8, 9 anos… Com o fim do segredo saberia-se quem usa ftalato e outros químicos proibidos. Claro que o problema das alergias é importante, mas o foco verdadeiro seria na quebra do segredo industrial. Claro que gente como a Loreal e a LVMH estariam esperneando…
        Fico em cima do muro porque a conversa não está sendo clara o suficiente para o público… Vamos acompanhar.

  1. 91 anos de Chanel nº 5 e os europeus só foram reclamar que ele dá alergia agora??? Mas também, ficar 54131321854 dias sem tomar banho e passar perfume na pele suja, né… Aí não tem reação química que aguente!!

  2. Fiquei muito triste e ao mesmo tempo preocupado com essa péssima notícia, o pior é que outros perfumes como Angel, Dior Addict e alguns clássicos da Guerlain poderão ser reformulados e como a gente sabe as reformulações são sempre para acabar com o perfume, tiram a identidade do perfume. Na minha opinião o certo seria que quem possui esses problemas de alergia não comprassem tais perfumes, é um tremendo desrespeito com os consumidoress fiéis às suas fragrâncias, ah e pelo que li também a fava tonka poderá ser banida ou substituída por algo sintético em perfumes. Uma pena vivermos numa época com tantos lançamentos desncessários e sem criatividade alguma e grandes clássicos da perfumaria sendo destruídos ou trocados por matérias de péssima qualidade.
    Muito triste.

      • A cumarina (“princípio ativo aromático” da fava tonka) também está sendo acusada de causar câncer, já há algum tempo, aliás… Lembrando que existem as versões naturais e sintéticas de ambas, se não me engano isto vale para as duas. Que azar o nosso, gostar só de coisas que fazem mal!
        😦 Snif!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s