Grandes Marcas: Coty – Parte I

Imagem

Falar da Coty é falar da história da perfumaria! Considerado o inventor da perfumaria moderna, Frances Spoturno (o simpático da foto acima) nasceu em 1876 na Córsega.  Ficou órfão cedo e fora criado pela avó. Quando jovem, frequentava o laboratório de um boticário do qual se tornou amigo. Esse produzia fragrâncias e as vendia em frascos comuns, como os de farmácia. As pessoas depois passavam o conteúdo para frascos elaborados e decorativos.

Frances então teve a idéia de associar fragrâncias e belas embalagens e começou sua jornada. Por volta dos 20 anos, trabalhou em Grasse na casa Chiris, uma das maiores produtoras de essências florais da época. Em 1904 conseguiu um empréstimo com sua avó, montou um laboratório caseiro e iniciou a produção de perfumes. Sua perfumaria fora nomeada Coty em homenagem a sua mãe, uma vez que esse fora seu nome de solteira. Logo lançou seu primeiro perfume, La Rose Jacqueminot, feito a base de concentrados de flores e apresentado em frasco da Baccarat. Tal perfume chegou a ser recusado em uma grande loja de departamentos da época, por não ser considerado sofisticado. E eu trocaria um rim por tal preciosidade!

Imagem

Diz a lenda que Coty “derrubou” um dos frascos recusados no chão da loja, o que fez com que o aroma se espalhasse e seu pequeno estoque fosse vendido ali mesmo para os consumidores inebriados!

 

Imagem

Acima, frasco original do La Rose Jacqueminot (imagem retirada do site http://cleopatrasboudoir.webs.com/).

Em 1905 criou dois perfumes inovadores: L’Origan e Amber Antique, que foram os primeiros a combinarem ingredientes naturais e sintéticos.

Imagem

Frances “Coty” foi pioneiro na fabricação em ampla escala de frascos decorados, para ele “um perfume deve atrair tanto os olhos quanto o nariz”. Também permitia que suas clientes provassem os perfumes antes da compra. O primeiro tester foi um Coty!

Em 1908 inaugurou uma loja na Praça Vendôme, próxima a loja do joalheiro e mestre vidraceiro René Lalique.  Coty pediu que Lalique desenhasse seus frascos, e conseguiu um modo de produzi-los em larga escala usando moldes de ferro. Sua ambição e sonho estavam concretizados, uniu-se a beleza das fragrâncias com a beleza dos frascos! Nascia aí a perfumaria como conhecemos atualmente.

Continua…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s