Sandal, Ashan

Imagem

Attar (ou Ittar) é um perfume natural derivado de fontes botânicas. Geralmente estes óleos são extraídos do material botânico através de destilação a vapor. Os óleos podem também ser extraídos através de meios químicos, mas geralmente perfumes naturais que podem ser considerados Attars são destilados naturalmente. Os óleos obtidos a partir de flores, ervas e madeira são destilados e depois envelhecidos, e o período de envelhecimento pode durar de 1 a 10 anos, dependendo das plantas utilizadas e os resultados desejados.
Estes perfumes totalmente naturais são altamente concentrados e, portanto, são geralmente oferecidos para venda em pequenas quantidades. São populares em todo o Oriente Médio, Extremo Oriente, Índia e Paquistão. Attars têm sido usados ​​em todo o mundo oriental há milhares de anos. Estes perfumes 100% puros e naturais são livres de álcool e substâncias químicas. Perfumes naturais são acessíveis porque são tão concentrado que uma pequena quantidade vai durar várias semanas, se não meses.

Alguns dos amantes primeiros attars eram os nobres Mughal da Índia. Tradicionalmente no mundo oriental era uma prática habitual de nobreza para oferecer aos seus clientes frascos de Attars no momento da sua partida. Os Attars são tradicionalmente dados em ornamentadas garrafas de cristal chamadas de Ittardans. Esta tradição de dar um perfume para seus hóspedes continua até hoje em muitas partes do mundo oriental. Entre adoradores Sufi o uso de Attars durante círculos de meditação e danças é bastante comum. Attars também são usados ​​entre os hindus, budistas e sikhs em práticas de meditação.

(fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Ittar)

Enfim, adquiri dois Attars, a valores estupidamente baixos. Na embalagem veio que sua formulação é composta de óleos síntéticos e naturais, o que faz dele “menos Attar” do que o da descrição enciclopédica. 

Sandal, da Ashan, é uma viagem ao oriente e seus mistérios. É puro sândalo, nada mais. A embalagem é de 3ml, e nada de cristais ou jóias ornamentando, acho que comprei um Attar de apelo popular…

A embalagem é roll-on, o óleo é espalhado com precisão e parcimônia. Não digo que é uma fragrância de alta projeção, diria que é íntimo e pessoal, para se sentir de perto.

Para quem gosta do cheiro de sândalo puro, doce, pungente, amadeirado e exótico é uma excelente pedida. Gostei muito dele, e mesmo sendo um misto de óleos naturais e sintéticos e tendo embalagem simplória, o trato como uma preciosidade. Um perfume que vem do outro lado do mundo e carrega uma vasta tradição cultural. Provoca uma experiência quase mística. Vou comprar outros…

 

Anúncios

7 comentários sobre “Sandal, Ashan

  1. Viajei junto com você. Que venham os próximos!

    Interessante essa associação entre perfume e misticismo. Para mim, toda religião tem um cheiro que lhe é próprio. A Católica cheira a turíbulo e rosas, aquelas que colocam no altar. Os terreiros de Candomblé cheiram a benjoim. Templo budista a incenso mais aromático, que o diferencia do católico… e por aí vai.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s