O CHEIRO DAS PALAVRAS: O OLFATO NA NARRATIVA LITERÁRIA – Recomendação de Leitura

Excelente dissertação no link abaixo!

http://tede.pucrs.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2169

Uma vez que somos tão carentes de literatura sobre o tema (perfumaria, olfato e demais assuntos relacionados), recomendo a leitura da tese de Cristina Gomes.

Imagem

 

 

 

Anúncios

4 comentários sobre “O CHEIRO DAS PALAVRAS: O OLFATO NA NARRATIVA LITERÁRIA – Recomendação de Leitura

  1. Com certeza!! Comecei a ler e já estou achando fabuloso. Só um porém, Ralf Hertel não levou em consideração que, assim como o olfato compõe a percepção do paladar, o paladar interage com a “gustação” olfativa. Por isso, sentimos quase que na língua, juntamente com as narinas, o tom doce ou amargo de uma nota aromática; também, não acho fora de propósito que usemos os conceitos de notas e harmonias dentro do universo dos aromas, porque vejo que as fragrâncias também têm esse poder de evocar sons em nossas mentes…, desse modo acredito que todos os sentidos interagem na percepção dos estímulos. Hertel, não devia ser fã de perfumes senão tinha logo sacado o lance todo, kkkk.

  2. Angel, por exemplo me faz escutar os agudos e doces violinos das obras de Mozart, com aquela riqueza de detalhes e nuances que rodopiam nos ouvidos e se prolongam em nossas mentes…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s