Midnight Oud, Juliette Has a Gun

https://i1.wp.com/stylelovely.com/iamabeautyadicta/files/2013/10/juliette-has-a-gun-midnight-oud-edp.jpg

Juliette agora vem munida de oud, ao que parece, o novo ‘queridinho’, a nova ‘tendência’ logo logo terá o Axe Oud, vão ver. Agradeço a amiga Erica Fabri que enviou a amostra!

É um perfume cheio de atitude, andrógino, vistoso! A começar pelo frasco: dourado (muito ôro!). Me fez pensar nos locais imaginários do Oriente das ‘Mil e uma Noites’, mas do ponto de vista masculino: como era a vida daqueles sultões e sheiks (também imaginários, claro) em seus camelos, cavalos, caravanas, em seus palácios e haréns… Quais eram suas vaidades e preferências?

Pelo que li e pesquisei, faz pouco tempo que o Oud está indo, gota a gota, para os lados da perfumaria feminina, e entendo o porquê. Tem um aroma resinoso, agridoce e másculo. Lembrou-me do seguinte: aqui perto de casa tem uma sorveteria artesanal super conhecida e antiga chamada Alaska (existe desde 1910), e lá tem um sorvete sabor Miski, que é uma resina retirada da casca de árvore de origem árabe*. É meio seco, meio amadeirado, meio balsâmico, meio amarguinho, meio agridoce. É bom, mas causa certa estranheza num primeiro momento. Tanto o oud como o sorvete de Miski.

Midnight Oud começa com rosas especiadas, mas já ‘atropeladas’ e invadidas pela tonalidade do oud.

Logo aparece um aroma verde terroso que parece vir de algo em decomposição, que libera aquele cheiro agridoce e invasivo, mas nada ruim, pelo contrário, atraente, sensual! Louca e poderosa a mistura de oud com castóreo! Atrevida!

Apesar do Oud ditar todo o caminho trilhado pelo perfume, ele as vezes torna-se mais ou menos forte, dependendo da nota que faz páreo para ele: no começo ele parece polvilhar as rosas, no meio ele é sensual e dominador. No final ele se retira para um canto e deixa as notas ambarinas, terrenas e as outras madeiras desfilarem em paz! Mas não sumiu não, volta e meia ele grita um ‘palpitezinho’ ali do canto onde está fingindo que descansa…

Notas de saída: bergamota, rosa Damascena, papiro, açafrão.

Notas de coração: oud, rosa Marroquina, gerânio, castóreo.

Notas de fundo: âmbar, almíscar, patchouli, sândalo.

Meio Khaleesi Daenerys, meio Khal Drogo…  Tão bonito!

* mais sobre tal resina nestes links:

http://gastrolandia.uol.com.br/viagem/mastiha-a-poderosa-lagrima-grega/

http://thinkfood.com.br/index.php/2010/04/21/miski-a-lagrima-dourada/

Anúncios

12 comentários sobre “Midnight Oud, Juliette Has a Gun

  1. Total Game of Thrones!
    Me bate porque eu não olho essa série, só leio sobre. Mesma coisa com Walking Dead.
    Voltando….
    Oud é uma nota um pouco assustadora para quem não a conhece e lê sobre (o que afunila para nós, apaixonados…). Mas linda e muito interessante! Tenho algumas amostras de perfumes com oud e posso dizer…
    Deu vontade! Não conheço nenhum Juliette.

    • Carla e Helen, por favor, providenciem seus livros da série Game of Thrones! A série é legalzinha, mas nem tanto, apela demais e deixa partes fundamentais de fora…
      E venham pra cá pra gente tomar sorvete juntas!
      Carla, Oud é assim mesmo: assusta, depois seduz… Por isso a menção ao amor de Daenerys e Drogo…

  2. AMEI a resenha Di!!
    E adorei a comparação Dani e Drogo 🙂 daria pra ser o cheiro do Khalasar mesmo… 🙂

    O único porém é que em mim sinto só o Oud (ou o que eu acho q é o oud mesmo), fica másculo, agressivo. Não sinto as rosas 😦
    Vou tentar com mais calma e nariz aberto, pq acredite, senti 3x…rs
    Meu ponto de vista é que ele seria mais perfume que um homem usaria. Meu noivo já achou feminino demais pra ele. Minha irmã amou!
    Mas acho que o Oud assusta mesmo, é um tapa na cara!

    • É uma nova proposta, né Erica, temos que ‘acostumar’ com ele! E acho que não vai ser difícil, pois ele é a ‘nota queridinha’ de tantas fragrâncias novas! Mas acho sim um aroma intenso, agressivo, imponente! E quem diz que a Khaleesi não é assim? Aliás, me conta: vc também queria o Drogo no Trono de Ferro? Eu queria!

      • Ahn Di, é bem por ai mesmo. Eu nunca me dei bem com os totalmente amadeirados e o Mid Oud achei bem como falamos: agressivo. Vamos ver,tô dando um tempo pro nariz acostumar (como foi com tantos outros :D)
        E sim, qdo o Drogo falava de atravessar o mar, ahn eu ficava imaginando como seria…a Dani com aquele poderio td reivindicando o trono de ferro. (apesar de um dia isso acontecer, não vai ter a mesma graça sem o Drogo 😛 ) kkkk

  3. Bom Dia!
    Trabalho com pesquisa de mercado, na empresa Ipsos e estamos fazendo um projeto sobre “malucas por perfumes e fragrâncias” e precisamos de mulheres que tenham blog sobre o assunto.
    Por favor, se alguém tiver interesse entre em contato comigo no e-mail juliana.ipsos.com. Muito obrigada!
    Juliana Garcia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s