D&G, Dolce&Gabbana

Ler o post ouvindo esta música, por favor… https://www.youtube.com/watch?v=6PDmZnG8KsMhttps://www.youtube.com/watch?v=6PDmZnG8KsM

Lá vou eu com minhas historinhas… no final dos anos 80 passava na TV um programa apresentado pelo Sílvio Santos chamado ‘Show de Calouros’, que ficou no ar de 1973 até 1996. Programa de auditório, com jurados (Elke Maravilha, Pedro de Lara, Aracy de Almeida, Décio Piccinini, Sônia Lima, Flor, Sergio Mallandro…), apresentava quadros variados (dos melhores aos mais bizarros) e o mítico e pioneiro, acredito eu, Show dos Transformistas! Aliás, ainda pode usar tal termo em dias onde o palavreado é politicamente correto e as atitudes – infelizmente – não? Se não, me perdoe querida leitora travestchy, e me informe o termo correto.

Voltando ao show: eu gostava bastante de ver as artistas dublando Voyage Voyage com seus longos e impecáveis cabelos, vestidos bordados, fantasias exuberantes, maquiagens elaboradas! Muitas ainda faziam homenagens a artistas, como o impagável Erick Barreto e sua maravilhosa Carmen Miranda! Eu, com meus 10 anos, imaginava que aquilo tudo era um espetáculo luxuoso, uma verdadeira festa de gala! E hoje, com meus 34 anos, imagino que os bastidores de tal festa combinariam com o cheiro do D&G (também chamado de ‘red’).

Que perfume com alma de Drag Queen, minha gente! Exuberante, luminoso, escândalo! Tenho um frasco do perfume na formulação antiga e uso raramente, pois me faltam ocasiões. Mas hoje resolvi dar uma borrifada e sair para o trabalho poderosa Sandra Rosa Madalena!

A caixa já vem pronta pra festa: textura aveludada, vermelha, letras douradas! Abre-alas com aldeídos fulgurantes, ervas picantes e adocicadas. Sinto aqui umas frutas sumarentas, como pêssegos e laranjas doces. Explode com flores fartas, plenas, de pétalas gordinhas e cerosas, daquelas que deixam a mão perfumada se você as toca! São flores brancas maliciosas e convidativas, flores vermelhas apaixonadas e flores amarelas radiantes e alegres! Sua base é caliente, temperada, suculenta!

Projeta lindamente, fixa o dia todo e ainda no momento do banho te presenteia com aquela nuvem perfumada, quando a pele é tocada pela água quente e a ‘alma’ do perfume enfim se liberta.

Me contaram por aí que os novos frascos do D&G não estão com essa bola toda não. Disseram que perdeu a potência… Que pena, que afronta! Guardarei então como ouro o perfume que, como eu gosto de imaginar, perfumava os bastidores do programa de auditório da infância…

Nasceu em 1992 e suas notas olfativas são:

Notas de saída: aldeídos, cítricos, mandarina, manjericão, bergamota, frésia, hera.

Notas de coração: flor-de-laranjeira, lírio, cravo, jasmim, rosa, margarida, coentro.

Notas de fundo: sândalo, fava-tonka, baunilha, almíscar.

E para terminar, deixo com vocês a incrível performance do Erick Barreto no programa da Hebe Camargo, dois grandes talentos que são a cara do D&G e que já se foram…

Anúncios

4 comentários sobre “D&G, Dolce&Gabbana

  1. Sou apaixonada por esse perfume!!! É o tipo de perfume pra quem quer “causar” quando chega em qualquer lugar. Acho que devo ter alma de drag queen… rsrsrs
    Me sinto órfã por o terem descontinuado!! É uma verdadeira falta de respeito com os clientes!!! :/

  2. Perfume da tia Carla (ou pelo menos era) … pensa numa numa beeesha a la “glitter em busca de um sonho” num corpo de mulher!! Pensou? essa é tia Carla 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s