Lavanda

Como não gostar do cheiro da lavanda? É um dos meus preferidos! Está presente em perfumes, cosméticos variados, produtos de limpeza… como é versátil! Tenho um vaso com uma planta bem grande que está constantemente florida, e digo, é um deleite seu perfume!

Vamos a ela…

 no thumbnail available 6

Planta herbácea perene até 0,80 m de altura, forma irregular, de folhas verde-acinzentadas, com perfume. Flores azul-lavanda são reunidas em espiga na ponta dos ramos.  A flor tem perfume acentuado.

As lavandas (popularmente conhecidas como alfazemas) são plantas do gênero Lavandula, da família Lamiaceae.  O nome é mais frequentemente usado para as espécies do gênero que crescem como ervas e para ornamentação. Destas as mais comuns são a lavanda inglesa e a Lavandula angustifolia (L. officinalis). As espécies ornamentais geralmente são as L. stoechas, L. dentata, e a L. multifida.

O cultivo comercial da planta é para a extração de óleos das flores, caules e plantas, que são utilizados como anti-sépticos, em aromaterapia e na indústria de cosméticos.

Na literatura sobre aromaterapia constata-se que o uso prático do óleo de lavanda promove bem-estar físico, relaxamento, sono tranquilo – permitindo melhor estabilidade emocional – combate enxaquecas e depressão. Também é excelente antisséptico e cicatrizante.

Contudo, somente produtos que contenham o óleo essencial (fabricado com 100% de essenciais naturais) trarão verdadeiros benefícios. O óleo mais caro não necessariamente é o melhor, mas cuidado porque pureza e preços muito baixos são normalmente incompatíveis, afinal, são necessários 200 quilos de lavanda pra produzir 250 ml de óleo.

O óleo essencial da lavanda (do latim “lavare”, “lavar”) já era utilizado pelos romanos para lavar roupas, tomar banho, aromatizar ambientes e como produto curativo (indicado para insônia, calmante, relaxante, dores, etc.). O óleo para perfumaria é obtido da destilação das flores, caules e folhas da espécie Lavandula officinalis ou Lavandula dentata. Entre várias substâncias, o óleo apresenta na sua composição o linalol e o acetato de linalila, que conferem a sua fragrância e ainda saponina, taninos e cumarinas.

As flores de lavanda produzem um néctar abundante que rende um mel de alta qualidade produzida pelas abelhas. O mel da variedade lavanda foi produzido inicialmente nos países que cercam o Mediterrâneo, e introduzido no mercado mundial como um produto de qualidade superior. As flores da lavanda podem ser utilizadas em chás e alimentos.

É muito usado como água de colônia, e é o principal ingrediente de muitos pot-pourris e sachês. O óleo essencial de Lavanda era usado antigamente para espalhar pelo chão das casas e igrejas em ocasiões festivas.

Anúncios

5 comentários sobre “Lavanda

  1. Não posso viver sem. Desacelera meu coração. Uso as da L’Occitane e da Companhia da Terra. Você conhece a da Yardley, que durante muito tempo ostentou o título de melhor do mundo? Tenho curiosidade.

  2. Amo a Agua de Lavanda Puig, mas não encontro em lugar nenhum! Quem sabe na 25…
    Tenho a Yardley, acho ela mais seca e sóbria, diferente de todas que eu conheço.
    Tenho muita curiosidade com o Pour un Homme da Caron, que é basicamente lavanda com baunilha… deve ser muito bom…
    Viciei em usar lavandinhas antes de dormir, me acalmam…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s