Eau Sauvage, Dior

Imagem

Vou falar de um perfume masculino hoje. Não um perfume masculino qualquer, mas “O” perfume masculino: Eau Sauvage, Dior!

Criado em 1966 pelo mestre Edmond Roudnitska (criador de outras preciosidades como Diorama, Dioríssimo, Femme) é um grande marco na história da perfumaria mundial, por vários motivos:

– a utilização do hedione, uma substância que tem o poder de valorizar as notas que a acompanham;

– foi o primeiro perfume masculino da casa Dior;

– foi o primeiro perfume masculino mais vendido no mundo durante os últimos 30 anos;

– por último, a ousada campanha publicitária, uma ilustração de René Gruau (para conhecer sua obra acesse: http://www.renegruau.com) que mostrava um homem nu saindo do banho. Outra ilustração ainda mostra tal homem nu, visto através da porta entreaberta do banheiro. Precisa mais?

Vale dizer que Eau Sauvage tem admiradores entre o público masculino e feminino!

Família olfativa: cítrico aromático.

Notas de saída: alecrim, notas frutais, manjericão, petitgrain, bergamota, limão, alcarávia.

Notas de coração: coentro, cravo (a flor), sândalo, patchouli, raiz de íris, jasmim, rosas.

Notas de fundo: âmbar, musk, musgo-de-carvalho, vetiver.

Eau Sauvage em minha opinião é viril, mas viril sem fazer esforço, sabe? É a masculinidade natural, sem artifícios, é arquetípica e ancestral. É força da natureza: tem cheiro de mato, de madeira, de terra, de pele. É limpo, rústico (porém educado) e audacioso! Como deve ser um homem, né?

Em 2009 foi lançada uma nova versão do perfume e trouxe a imagem de Alain Delon quando jovem, em foto de 1969.

Outra vez: precisa mais?

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s