Fantasy, Britney Spears

https://i1.wp.com/fimgs.net/images/secundar/o.366.jpg

Taí um sucessor pro Angel em termos de quantidades de contratipos e cheirinhos “inspirados”!!! Que sucesso o Fantasy! Atingiu mulheres de todas as idades! Trabalho no centro da cidade e não há um dia em que eu ande na rua e sinta o cheirinho do Fantasy ou similares.

Bom, eu não tenho tal perfume, ganhei 3 amostrinhas e uso quando quero sensação de calor, conforto e doçura. Pra mim Fantasy tem cheiro de boneca, de casa da Barbie novinha misturada com a antiga coleção Moranguinho, todas juntas (lembram dela?)!

Talvez tenha sido essa “a graça” do Fantasy: doçura inocente e sensual, bem menina-moça. Quase um fetiche infantilista…

Foi criado em 2005 por James Krivda. A embalagem rosa apresenta aplicações de cristal Swarovski. Mais “girlie” impossível! A caixa também é bonita. Um convite, daquelas que você deseja ter porque é bonita.

Notas de saída: kiwi, lichia, marmelo.

Notas de coração: chocolate branco, orquídea, jasmim.

Notas de fundo: musk, raíz de íris, notas amadeiradas.

Surpresa! Mesmo sendo um dos supra-sumos da família flora frutal gourmand, ele não possui baunilha em sua formulação!

Acho que é um perfume bem estruturado, surpreendente, gostoso! Só precisa tomar cuidado na hora da aplicação, do contrário ele fica enjoativo e agressivo, eu diria que até mesmo vulgar.

As notas mais evidentes em minha percepção são o chocolate branco, as notas frutais, com destaque para a breve brincadeira azedinha-doce do kiwi e da lichia. O marmelo aqui me lembra de uma boa lata de marmelada mesmo, até mesmo porque nunca vi a fruta ao natural.. A nota de orquídea é bem clara, e me lembra a Oncidium Sharry Baby (orquídea chocolate).

Foto das flores

E mais uma vez eu aplaudo a coleção Britney Spears!

Anúncios

17 comentários sobre “Fantasy, Britney Spears

  1. Eu até entendo o fascínio que este tipo de perfume provoca na “menina que existe em nós”, mas tenho outros preferidos neste estilo. O mérito do Fantasy está no que você disse, Diana, no conforto, no aspecto girlie, enfim, a estrela pop, o quarto cor-de-rosa e as músicas adolescentes estão todas neste frasco para menia-moça. Mas podiam parar de usar ao votarem obrigatoriamente pela primeira vez.
    O chocolate branco já implica lots and lots de baunilha sobre leite e manteiga de cacau, por isso não dá pra sentir falta da favinha!
    Nada contra o Fantasy, muito plano mas ok, cumpre o que promete, e quem não gosta de uma sobremesa cremosa feito um Danete chocolate branco, naquele dia de TPM braba?
    😉

  2. Eu demorei pra gostar dele. Odiava com força. Culpa de quem não sabia usar. Um belo dia senti esse cheiro em quem realmente sabia usá-lo e me encantei. Uso gotinhas mínimas quando tô na vibe certa. Fico feliz e com água na boca sem incomodar ninguém. rs

  3. Srta. Anjos, fiquei curiosérrima sobre o Iris Ganache (que deus o tenha). Imagino o que você passou quando ele foi ao chão. Quando eu me mudei, eu mesma fiz questão de levar/pegar/guardar meus perfumes. Ninguém botou a mão neles.

    • É, mas fui eu mesma que caí estatelada com a caixa no meio-fio. 😉 Infelizmente não pude culpar ninguém. Resumindo, pensa num chocolate gostoso, mas também pensa em uma íris talcada porém terrosa, dark… pensa em cocaína. Agora pensa que cocaína é feita de cacau puro e iris em pó.

      • Rá! Eu já deixei um perfume cair e quebrar no corredor de um shopping. Ainda bem que era um contratipo baratinho. Mas como tinha acabado de comprar, fiquei triste na hora. 😦

        Como assim cocaína? Cocaína tem cheiro? Ou é só uma referência à textura?

      • Bom, tudo sempre depende da importância que damos ao fato…
        Eu tinha até superado o caso…
        É, no meu caso não lembro quem estava tirando tirando do carro e me passou, eu tive a impressão que tinha um molhadinho no fundo da caixa e já pirei. levantei a caixa pra olhar (burrona, ainda em movimento), e talvez por isso meu pé virou no meio fio e fomos nós, eu e a caixa dos meus mais valiosos perfumes (em termos financeiros) acabar esparramados no meio-fio.Quebrou uns 5-6 perfumes, tipo, que eu não tenho grana (ou vontade de usar a grana) pra substituir até hoje. Maktub, é só o que posso dizer. Este incidente foi uma das coisas que me motivou escrever o PnP, assim, a experiência efêmera do perfume pode ser mantida por mais tempo. Ou eu acho.
        Agora, a cocaína… não sei e é um referência olfativa, citei mais pelo “vício” e textura mesmo, rsrsrs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s