Je Reviens, Worth

O perfume da minha mãe… Ela, que nos idos dos anos 50/60 bancava a alquimista e misturava o Je Reviens com a extinta colônia Regina (não cheguei a conhecer), para se diferenciar das demais! Jura até hoje que ficava incrível, o perfume perfeito! E ainda fala que era assim: um vidrinho pequeno do Je Reviens com um vidro grande da colônia Regina. Misturava com cuidado e voilá: tinha o perfume exclusivo!

Engraçado como um perfume pode evocar tantas lembranças… convivi com ele durante toda a infância, e recentemente presenteei minha mãe com um frasco. Mas o que me lembro mesmo é do antigo frasquinho redondo na pequena caixinha azul!

E ainda mais, acabei de comprar a versão da embalagem Boule para mim. Ela faz alusão ao vidro criado por Rene Lalique em 1924 para a fragrância Dans la Nuit, também da Worth.

Agora, se me perguntarem se eu gosto do aroma deste marco da história da perfumaria, eu vou enrolar e não vou responder: nem eu sei. Ele é datado, é um floral tipícamente aldeídico, intenso, de alta projeção e me mata de dor de cabeça. Mas o cheiro dele… deve ser por causa das memórias da infância, me atrai e encanta.

Foi criado em 1932 por Maurice Blanchet e foi reformulado em 2004. O nome Je Reviens pode ser traduzido para “Eu vou voltar”. Foi um presente muito comum de soldados que partiam para lutar na 2ª Guerra Mundial para suas namoradas, segundo informações do site da Worth. Não é lindo e triste? Morreria de chorar se fosse donzela casadoira em tal época e recebesse um desses.

Como sempre digo, perfume é história, são retratos de épocas e costumes…

Família olfativa: floral aldeídico

Notas de saída: aldeídos, flor-de-laranjeira, jasmim, ylang-ylang, bergamota, limão.

Notas de coração: narciso, lilás, íris, jacinto, cravo (a flor), ylang-ylang, rosas.

Notas de fundo: sândalo, fava-tonka, âmbar, almíscar, violeta, musgo-de-carvalho, vetiver, incenso.

Je Reviens é vintage! E agora uso o termo do qual tenho certa aflição (afinal, tudo que tem ares antigos é vintage: mesmo que seja uma porta-guardanapos fabricado na China em 2012 com estampa da década de 50 de refrigerante famoso). Tem cara de antigo, embora seja de fabricação moderna, é vintage!

Voltando ao Je Reviens. Nele sinto os jacintos, o cravo, as rosas. As notas florais são bem evidentes (como deve ser um floral aldeídico). Sua evolução é rápida, e logo ele se torna adocicado e melífluo. Depois as notas mais “secas”, como o musgo-de-carvalho e o vetiver pedem passagem e se apresentam, dividindo o espaço com a notas adocicadas. Nesse momento a harmonia de Je Reviens é linda! Como em uma dança, cada hora um aspecto se evidencia mais e o casal doce-seco é gracioso e preciso!

Pela história, pelo contexto, pelas lembranças, amo Je Reviens. Continue voltando, sempre será bem vindo!

 

 

Anúncios

11 comentários sobre “Je Reviens, Worth

  1. Que danada sua mãe, Diana! Tinha uma fragrãncia exclusiva. rsrsrs

    Minha mãe não tinha a mesma quantidade de perfumes que eu (nem a sua a que você tem), mas acho que a gente deve parte do amor por fragrâncias a elas. A minha gostava de perfumes fortes, eu sabia que ela estava chegando pelo cheiro.

    • Sim, certamente, Rafaella! Minha mãe sempre usou Je Reviens, Ma Griffe (não suporto ele), Fleurs de Rocaille… Devo parte desse amor a ela sim! [
      Delícia essas memórias olfativas né?
      Minha mãe acha que sou louca de ter tantos perfumes, e eu sou mesmo, fazer o quê? Podia estar roubando, podia estar matando…

      • Hehehe… Sorte a dela que tem uma filha aficionada, pesquisadora do tema. Certeza que ela ganha perfumes lindos de você. Se minha mãe ainda estivesse aqui, certeza que ela se aproveitaria da minha coleção (com aquela cara de espanto, né?, mas paciência…) =D

      • Ganha, mas ela é difícil agora só gosta dos florais e acha todos os meus perfumes com cheiro de “pudim” ou fortes demais… O Angel então, ela abomina, xinga ele de tudo que é nome quando passo…

  2. Oi, tudo bem ??? É meu primeiro comentário e também sou apaixonadas por perfumes, mas nem de longe tenho sua expertisse !
    Enfim, mamãe usou durante bom tempo o Je Reviens e fala nele até hoje ! Gostaria de fazer uma surpresa e por isto estou escrevendo : onde você o comprou ????

    Desde já, muuuuuuito grata !

    Denise

    • Obrigada pelo elogio e pela visita, Denise! Je Reviens foi um perfume que marcou época mesmo! Olha, comprei ele na Fragrancex e foi bem baratinho. Se não, dá uma olhada no Ebay ou Mercado Livre.

      Qualquer coisa grita aqui, tá bom?

      Bjos

  3. Nossa! Minha mãe usava esse perfume, ganhou do meu pai a primeira vez, quando namoravam. A anos procuro esse perfume para presenteá-la e não encontro. Por favor, sabe onde posso encontrá-lo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s