Prada Amber, Prada

Imagem

Fui hoje comprar meu cobiçado Habit Rouge na loja do chinês mais simpático (e doido) da 25 de março, o Sr. Bao. Saí de lá com ele e de quebra ganhei um tester do Prada Amber (pela metade, com a válvula quebrada, a plaquinha de metal descolada e sujo, sujismundo de ter crostas de poeira). Mas enfim, cavalo dado não se olha os dentes e fiquei é muito feliz com o presente! Só limpar e dar uns truques que o perfume ficou bem apresentável, vide foto. Sr. Bao, o Sílvio Santos chinês, sou muito grata!

O que dizer do Prada Amber… foi criado por Carlos Benaim, Max Gavarry e Clement Gavarry e é o cúmulo do que um oriental amadeirado deve ser! Quanta sedosidade e fluência em um só perfume! Macio e cálido, escorre de modo melífluo. É sexy, envolvente, adulto, misterioso! Faz a linha do Jungle Elephant, poderoso, exótico!

Já tinha lido resenhas lindas sobre ele no Perfume na Pele, e até então me contentava com a amostra que ganhei de uma amiga querida também louca por perfumes. Agora me delicio com mais fartura! 

Prada Amber é resinoso, ambarino, amadeirado, terroso e tem uma atmosfera “dark”. Nada de perfume água com açúcar! É daqueles viciantes e perversos, que viciam e apaixonam…

Notas de saída: notas verdes, estragão, notas frutais, bergamota. Aqui as notas verdes tem seu breve momento de estrelismo, bem como o toque herbal do estragão. Logo se tornam mornas devido as notas do coração e da base.

Notas de coração: mel, cravo (flor), jasmim, ylang-ylang, rosa. O ylang-ylang é pronunciado, bem como a nota de mel que dá um toque doce nada enjoativo, é pura provocação!

Notas de fundo: A perfeição! Sândalo, âmbar, patchouli, almíscar, benzoim, musgo-de-carvalho e baunilha. As notas são tão bem “encaixadas”, não achei outra palavra, que para mim ficou difícil separá-las. A evidência maior em minha opinião são o sândalo, o âmbar (que diz a lenda ser tintura de âmbar gris natural, isso mesmo, aquele de origem animal), o benzoim resinoso e levemente amargo e a baunilha soberana e muito bem dosada. 

Além de tudo, na bonita plaquinha prateada de cima do frasco vem escrito que ele contém: sândalo indiano, patchouli da Indonésia, resina de ládano francesa e benzoin do Sião. 

Agora digam, pessoas que gostam de perfumes exóticos e poderosos, dá pra resistir a tamanha abundância perfumística? É um abuso, esse Prada Amber!

 

Anúncios

15 comentários sobre “Prada Amber, Prada

  1. Vai por mim, Diana! Tem umas conhecidas minhas que logo que sentiram o Prada Amber já se sentiram enojadas. Mas, a vida é assim, nem todos estão preparados para aromatizar um Prada.

  2. Lendo sua descrição do Prada Amber, sabia que consegui sentir o cheiro dele! Estava lendo e de repente senti a fragrância como se tivessa passado ela naquele momento…. como a memória olfativa é poderosa!
    Prada Amber é poderoso, sensual, de uma sexualidade gritante!
    Eu amo Prada Amber, mas acho que é um aroma para poucos….

    • Não fiz não Cristiane. De fato, trocaram ou omitiram algumas palavras, mas é minha resenha. Triste isso, uma vez tinha uma loja no face anunciando produtos com o logo do meu blog… Te agradeço demais por avisar, vou tentar contato com tal site… Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s