Les Fleurs: Lavande, Molinard

Imagem

E lá venho eu com mais um Molinard… Esses dias andei desejando o aroma relaxante e acolhedor da lavanda, porém não queria nada vindo das colônias infantis. Lembrei-me então do Les Fleurs: Lavande, da Molinard! Perfume de poucas notas, sem grandes ambições. É lavanda.

Abre herbal, verde, adstringente. Alguns dirão que lembra desinfetante. Justo, uma vez que o cheiro da lavanda é utilizada até a exaustão por fabricantes de produtos de limpeza… E o perfume tem mesmo aquela nuance limpa, séptica.

Logo depois a lavanda ganha um toque mais pesado, atalcado, empoeirado. Parece que estamos carregando uma cesta de ramos de lavanda em um quarto todo rococó, cheio de móveis de madeira maciça polida e roupas femininas antigas. Na penteadeira de tal quarto temos grandes potes de talco, daqueles que vinham com aquelas esponjas pom-pom!
Les Fleurs: Lavande foi criado em 1996 e é considerada uma fragrância unissex. Seu aroma dura até 4 horas na minha pele.
Notas de saída: lavanda.
Notas de coração: lavanda, sândalo.
Notas de fundo: baunilha, almíscar, ládano (esteva, Cistus ladanifer).
Não sinto nada de baunilha em tal perfume. Acho que o toque atalcado e empoeirado possa vir do sândalo. E ainda acho que Lavande tem algo de boudoir, de sensual: o cheiro de limpeza remete a algo íntimo, ao corpo nu e ao cuidado pessoal. Essa a delicada sensualidade desse perfume…
No final, reconheço de leve, quase como um sopro, o almíscar da base. Cheiro de pele.
Já li algo no site da Molinard sobre o perfume ser elaborado com óleos essenciais vindos dos campos de lavanda da própria marca. E acredito, uma vez que a marca é uma das que mantém as tradições perfumísticas da cidade de Grasse, considerada a capital mundial do perfume.
E acredito também por causa do aroma: é uma lavanda vívida, imperativa! É a senhora dos campos!
Telas de Edgar Degas, da série ‘Mulheres no seu toillete’.
Anúncios

13 comentários sobre “Les Fleurs: Lavande, Molinard

  1. Adoro sua descrição de cheiros!!! E nunca me interessei por lavanda, pois me remete sim, sempre à crianças, rsrs… mas quando diz “…Parece que estamos carregando uma cesta de ramos de lavanda em um quarto todo rococó, cheio de móveis de madeira maciça polida e roupas femininas antigas…” me fez viajar no tempo, lembrei vovó e seu cheirinho atalcado, acho que quero!!! 😀
    Parabéns pelas resenhas, sempre maravilhosas!

  2. Amei Diana!
    Sou maluca por lavanda, tenho várias lavandinhas, pra mim são imprescindíveis depois do banho. à noite, para relaxar… compro até aquelas de galão à 15 reais, rsrs. Essa da Molinard deve ser fantástica…
    Bjão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s