Aldeídos: o que são?

Um grande grupo de componentes de origem orgânica reproduzidos em laboratório. Mais especificamente: um aldeído é um composto orgânico que contém um grupo carbonilo terminal. Esse grupo funcional, chamado um grupo aldeído, consiste de um átomo de carbono ligado a um átomo de hidrogênio com uma ligação covalente simples e um átomo de oxigênio com uma ligação dupla. Assim, a fórmula química por um grupo funcional aldeído é – CH = O, e a fórmula geral de um aldeído R é – CH = O. o grupo aldeído é por vezes chamado de grupo formilo ou metanoil. Outras classes de compostos orgânicos que contêm grupos carbonilo incluem cetonas e ácidos carboxílicos.

Química orgânica, lembra? Nem eu…

Geralmente possuem cheiro agradável e são frequentemente usados ​​em perfumes e também em aromas alimentares. O odor dos aldeídos que têm baixo peso molecular e é irritante, porém, à medida que o número de carbonos aumenta, torna-se mais agradável. Os aldeídos de maior peso molecular, que possuem de 8 a 12 átomos de carbono, são muito utilizados na indústria de cosméticos na fabricação de perfumes sintéticos.

É obtido através da oxidação de álcoois primários em meio ácido ou de sua desidrogenação catalítica na forma de vapor em presença de metais como o cobre, a prata e a platina, ou da oxidação catalítica de vapores de álcoois por oxigênio do ar, igualmente na presença de cobre, prata ou platina aquecidos, como por exemplo, para o etanol resultando no etanal.

Segundo a nomenclatura IUPAC, o nome de um aldeído é obtido substituindo-se a terminação “o” do hidrocarboneto correspondente por “al”. Nos compostos que apresentam ramificações, considera-se como principal a cadeia que contém o grupo funcional, iniciando-se nela a numeração.

Perfumes aldeídicos podem ser florais, frutados ou cítricos. Aldeído floral fresco acrescenta a impressão de brisas frescas e flores como jasmim, rosa, íris e lírio do vale. Eles também são adicionados a sabonetes e detergentes para dar-lhes o seu “perfume fresco de limão”. Aldeídos florais verdes dão aos perfumes notas mais nítidas e aromas do ar livre. O resultado é uma fragrância com o cheiro da grama verde e plantas. Enquanto amadeirado aldeído floral acrescenta os aromas de cedro, patchouli, carvalho e outros tons de madeira que sugerem calor.

Os aldeídos aromáticos têm um benzeno ou anel fenilo ligado ao grupo aldeído. As moléculas de aldeídos aromáticos têm estruturas muito complexas, mas são provavelmente o mais fácil de identificar. O benzaldeído é um exemplo que é o aldeído aromático simples consistindo de anel de benzeno com um substituinte formilo e tem odor agradável amêndoa semelhante. Cinamaldeído/3-fenil-2-propenal é de estrutura complexa que dá canela nota. Vanillin/4- hidroxi-3-metoxi-benzaldeído é utilizado como nota de baunilha, uma nota ubíqua em quase todas as fragrâncias. Anisaldeído ou aldeído anisico é amplamente utilizado por sua boa tenacidade. Ele é o principal componente para vários acordes florais como o lilás, espinheiro, anis, madressilva etc.

Os aldeídos mais amplamente utilizado na perfumaria são: C7 (que possui um aroma herbáceo verde), C8 (octanal, laranja), C9 (com cheiro de rosas), C10 (decanal, casca de laranja), Citral, um complexo de 10 carbonos aldeídos (fragrância de limões), C11 (undecanal, naturalmente presentes no óleo de folhas de coentro), C12 (odor de lilás ou violetas), C13 (cerosa, com tom grapefruit) e o C14 (evocando o cheiro de pele de pêssego).

Um dos primeiros perfumes que usou os aldeídos foi o N°5 de Chanel. Criado pelo perfumista Ernest Beaux, em 1921, e desde então os aromas chamados ‘aldeídicos’ conquistaram o mundo! Na verdade, diz-se que o primeiro perfume a usar aldeídos foi o Apres L’Ondee (Guerlain, 1906), que usou o aldeído anísico …

O Chanel N°5 possui em sua formulação aldeídos C10, C11, C12.

Pequena lista de grandes, imensos perfumes aldeídicos (além do Apress L’Ondee e Chanel N° 5):

Heure Intime, Vigny; Dune, Dior; Chanel N°22, Chanel; White Linen, Estée Lauder; D&G (Red), Dolce&Gabbana; Rive Gauche, YSL; Arpège, Lanvin; Je Reviens, Worth; First, Van Cleef & Arpels; Madame Rochas, Rochas; Calèche, Hermès; Calandre, Paco Rabanne; Agent Provocatuer Maitresse, Agent Provocateur; L’Amaint, Coty; Ysatis, Givenchy; Fleurs de Rocaille,  Rochas; Joy, Jean Patou; Boudoir, Vivienne Westwood; Vol de Nuit, Guerlain; Topaze, Avon; Joop! Femme, Joop!; Bandit, Robert Piguet; Must, Cartier; Cabochard, Gres; Aromatics Elixir, Clinique.

Anúncios

6 comentários sobre “Aldeídos: o que são?

  1. Ôxi, se lembro!Sou uma amante da Química. Infelizmente pra mim os aldeídos dão aquele aroma final de “spray fixador para cabelos”. Muito, muito difícil um perfume com essa nota me agradar por completo, sempre destaca-se ao meu olfato aquela pegada sintética que incomoda. Excetuando o magnífico Joop! Femme, costumo correr…
    Bjuss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s