Citizen Queen, Juliette Has a Gun.

Desta vez armada com uma espada, a romântica rainha saiu de seu palácio e enfrentou as agruras da cidade em busca de aventura!

Citizen Queen tem uma íris mutante e deliciosa. Começa retrô, torna-se picante, polvorosa e por último adocicada e almiscarada. No meio do caminho, Rainha Íris ainda encontra outros personagens: Rosa, a Princesa; Couro, o Pirata Sedutor e seu parceiro Ládano, o Mercenário; Incenso, o Místico; Imortelle, a Encardida; Âmbar, o Guloso; Almíscar, o Carnal.

Imaginam a festa! Íris começa sua saga toda limpinha, boudoir. Logo as vielas de sua cidade a fizeram suar e seu cheiro fica picante, coisa de fêmea. Ao final de seu passeio ela já incorporou facetas de todos outros personagens de sua jornada e já está adocicada, sujinha! Essa é a magia desta Íris, ficar sujinha sem perder a pose, sem perder a feminilidade!

Rainha-Íris vai da pompa castelã ao malicioso rendez-vous sem descer do salto!

Para mim Citizen Queen é isso: uma homenagem ao feminino e muitos de seus arquétipos.

Criado em 2008, suas notas incluem: rosas, íris, couro, âmbar, imortelle, ládano, aldeídos, bergamota, notas atalcadas, almíscar, resinas.

Milo Manara, El Gaucho

Anúncios

6 comentários sobre “Citizen Queen, Juliette Has a Gun.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s