Grandes Perfumistas, por Daniel Barros

Pedi ao amigo e consultor da Ego in Vitro, Daniel Barros, permissão para copiar seus textos (publicados diariamente na página do Facebook da Ego) sobre Grandes Perfumistas! Visitem a página, tem muita informação sobre perfumaria, eu recomendo!

Vamos começar com Ernest Beaux, ‘pai’ do mítico número 5!

Ernest Beaux. Nascido em Moscou, Ernest era irmão de Édouard Beaux, perfumista da Rallet – fornecedora oficial da família real russa. Em 1898 a Rallet foi vendida à casa de perfumes francesa Chiris, onde Beaux decidiu estudar perfumaria. Foi promovido a perfumista sênior em 1907 e criou Bouquet de Napoléon em 1912 para celebrar o jubileu da Batalha de Borodino. O enorme sucesso dessa fragrância o motivou a recriar o Bouquet de Cathérine, o perfume favorito de Catarina a Grande, totalmente extinto. Beaux serviu no exército francês durante a I Guerra Mundial e em 1919 fixou residência em Paris. Sem grandes chances de promoção na Chiris, Beaux seguiu em busca de novos projetos até conhecer Coco Chanel em 1920. Coco encantou-se com a amostra de número 5 e decidiu produzir o perfume com a finalidade de presentear seus clientes mais importantes no Natal. O sucesso de Chanel No. 5 foi tão estupendo que em 1924 Beaux foi contratado pela casa como perfumista-chefe. Durante três décadas trabalhou para a Chanel e, enfim, foi substituído por Henri Robert em 1954. Beaux faleceu em 1961 em seu apartamento em Paris. Criações famosas: No. 5, No. 22, Cuir de Russie, Bois des Îles e Gardénia.

Prosseguimos com o Jean Carles:

Jean Carles. Nascido em 1892, o perfumista francês fundou a escola Roure (hoje parte da Givaudan) no início do século XX e até hoje é conhecido pelo seu método de treinamento de perfumistas. Frequentemente comparado a Beethoven, Jean Carles se tornou completamente anósmico próximo à sua morte (1966), sendo este fato apenas conhecido por seu filho. O método de treinamento hoje conhecido por Método Jean Carles consistia de organizar 60 ingredientes naturais e sintéticos com notas distintas em famílias de notas e caráteres olfativos. Os estudantes primeiro deveriam reconhecer os contrastes de nuances entre notas dentro de uma mesma família antes de prosseguir para a próxima. O Método Jean Carles é ainda hoje bastante utilizado para ensinar novos perfumistas a memorizar e compreender notas olfativas, entender o relacionamento entre elas e ampliar o vocabulário olfativo. Criações famosas: Miss Dior (original), L’Air du Temps, Cabochard, Ma Griffe, Shocking, Canoe, Tabu, Indiscret e Tailspin.

E por último (hoje!), o genial François Coty:

François Coty. Nascido na Córsega, Coty começou trabalhando como secretário de um político em Paris, por meio do qual conheceu Raymond Goery, um farmacêutico que confeccionava perfumes. Com ajuda de Goery, Coty compôs sua primeira fragrância – Cologne Coty – e foi enviado a Grasse para aprender o métier na fábrica da família Chiris. Voltando a Paris em 1904, Coty decidiu montar seu próprio negócio. Graças a um frasco de La Rose Jacqueminot derrubado por acidente no chão do Grands Magasins du Louvre, o perfume se tornou conhecido e virou um best-seller instantâneo. Coty não era apenas um perfumista talentoso mas também um excelente homem de negócios que entendia de marketing. Foi o primeiro a defender que o frasco deveria refletir o luxo do conteúdo e a envolver os designers Baccarat e Lalique. Coty também viabilizou o perfume para o mercado de massa, disponibilizando frascos menores e mais simples. Foi dele também o conceito de “box set” ao combinar a fragrância com cosméticos. Em 1921 Coty abriu uma filial em Nova York e logo em seguida ampliou sua distribuição para o resto do mundo. Com a morte de Coty em 1934, sua esposa Yvonne tomou controle da companhia e depois a vendeu à Pfizer em 1963. Hoje a Coty é especializada em licenciamento de marcas (perfumes de celebridades) e perdeu seu status de perfumaria de vanguarda. Criações principais: Chypre, Émeraude, L’Enffleur, La Rose Jacqueminot e L’Origan.

Daniel Barros, obrigado!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s