Quero que você me aqueça neste inverno…

Friends for Tea, de Stephen Darbishire

Hoje a nossa mesa está aconchegante! Temos lareira, quitutes típicos dos meses frios, edredons para quem quiser se embrulhar, almofadas! Fique a vontade, a casa é sua e nossa prosa é boa: é sobre perfumes que aquecem no inverno!

Aceita um licor? Ou um conhaque? Para aquecer corpo e mente, destravar os membros rígidos e deixar a língua mais solta! Tem licor de cereja, de amêndoas…

Servimos: In Black, Jesus del Pozo –  Frapin 1270, Frapin – Le Baiser du Dragon Cartier – Gloria, Cacharel.

Ah, você não bebe! Então tenho aqui delicioso chocolate quente! Docinho, cremoso, uma tentação!

Para acompanhar: Chocolovers, Aquolina – Vanille Fruitée, Molinard – Rebelle, Rihanna.

Se não quiser beber nada, não tem problema! Pode ficar e desfilar seus bombásticos perfumes, daqueles com a cara dos anos 80! Essa é a época correta para tirar do armário aqueles perfumes chamados de ‘bombas’, quentes, especiados, de notas rebuscadas e chamativos! Tanto quanto um casaco vermelho!

Vista: Rumba, Balenciaga – Parfum d’Peau, Montana – Boucheron, Boucheron.

Ah, você faz o tipo místico? Vou chamar aqui um amigo seu, o patchouli! Ao mesmo tempo terroso, misterioso, doce, penetrante!

Venha, patchouli, pode entrar: C’est la Fete Patchouli, Christian Lacroix – Patchouli Antique, Les Nereides.

E para completar esse delicioso encontro, que tal uma leitura?

“Pinhão quentinho!
Quentinho o pinhão!”
(E tu bem juntinho
Do meu coração. . .) 
Mário Quintana
blog 15
Anúncios

22 comentários sobre “Quero que você me aqueça neste inverno…

  1. Hm, hm, me falaram tão bem do rumba… vou ali ler.

    Confesso que quando estou dormindo sozinho (não é todo mundo que gosta, e por “todo mundo” eu quero dizer uma pessoa só) sapeco um gourmand bem quentinho, Hypnotic Poison Edp, Lolitas, em busca daquele efeito cobertor de flanela

  2. Que delícia Diana! Não participei dessa vez por motivos pessoais mas o meu post seria parecido com o teu. Adorei as sugestões e me deu saudade do Le Baiser (tive o EDT e na época não o entendi direito). In Black, licor de cerejas escuras…Glória..
    E pecado, não conheço nenhum Molinard ainda! Mereço uma biaba na orelha, rsrsrsrs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s